Entrevista: Mãe tipo eu, Gisele Cirolini

24 fevereiro, 2016
por:

Olá! É com muito orgulho que apresento a nossa entrevistada de hoje: Gisele Cirolini, gaúcha como eu, mãe da Isa e do blog que eu amo: Sou Mãe. Gi, muito obrigada pelas palavras e parabéns pela filhota e pelo seu lindo trabalho!

Entrevista_Gisele_Cirolini-2

Idade e Profissão: 32 anos e responsável pelo blog Sou Mãe – http://www.soumae.org/

Mãe da: Isabela, 2 anos e 8 meses.

Entrevista_Gisele_Cirolini-3

Como foi a escolha do nome? Foi até bem simples,eu fiz uma lista com nomes de meninas que eu gostava, meu marido excluiu os que ele não gostava e, fomos indo por eliminação mesmo e pensando também em qual poderia ser o apelido dela.

Quem foi a primeira pessoa para quem você contou que estava grávida? Como foi? Fiz o exame de farmácia em casa e, quando meu marido chegou, contei para ele que estava grávida. Depois disso, ainda fiz mais 2 exames de farmácia para ter certeza.

exame_sangue_hcg_negativo_farmacia_positivo-mae_tipo_eu

Que cuidados que você teve durante a gravidez e recomenda? Eu usava muitos cremes e óleos para estrias e posso dizer que comigo funcionou, não fiquei com nenhuma estria, mesmo tendo engordado 14 kilos.

Creme_Estrias_Gestante-mAe_tipo_eu-1

Onde você fez o enxoval? O que foi indispensável e o que se arrependeu de ter comprado? Fiz o enxoval em lojas da minha cidade (Porto Alegre). Muitas coisas que usei muito com minha baby e que achei que foram boas compras como: banheira com suporte (a coluna agradece) e o sling. As coisas que não gostei de comprar: cadeira de amamentação (usei pouco) e sapatinhos de bebê, não usamos quase nenhum.

Qual o modelo de carrinho que você comprou? Ficou Satisfeita? Eu comprei dois carrinhos, um grandalhão que reclinava bem para ela poder dormir no meu quarto à noite e que também encaixava o bebê conforto, mas acabei usando ele muito pouco. Gostei e usei muito mais um carrinho tipo guarda-chuva, mais leve de carregar.

Como foi o período pós-parto e quais os cuidados que você teve durante a amamentação? Meu pós-parto foi bem tranquilo, mesmo fazendo cesárea. E dois dias depois que cheguei em casa com a baby liguei para uma consultora de amamentação me atender, ela foi ótima, era tudo que eu precisava naquele momento.

Como foi a montagem do quarto? Você teve alguma ajuda? Eu e meu marido nos encarregamos da decoração do quarto da pequena, o tema foi animais, e ela adora até hoje!

O que você achou mais fácil e mais difícil do que imaginava? Mais fácil acho que a parte do sono, com 3 meses ela já dormia 10 horas por noite, e isso ajuda muito! E mais difícil, o fato de ela ter tido até os 11 meses APLV, ter que cuidar a alimentação é complicado, ter que explicar para as pessoas que ela não podia comer qualquer coisa com leite, era difícil, ninguém te entende.

Como você é no papel de mãe? Age como imaginava? Muita coisa mudou? Vou mudando conforme acho necessário, já passei por fases bem lights, por épocas mais cansada, mais estressada, quando vejo que estou indo para esse caminho, paro tudo e respiro, deixar a fase difícil passar e aproveitar os momentos com a Isa é o mais importante. Mas eu me cobro muito. Toda mãe se sente culpada por alguma coisa.

Como é o seu marido como pai? Maravilhoso, ele é pai, faz tudo que eu faço, a única coisa que só eu fazia era dar peito.

Entrevista_Gisele_Cirolini-4

Quanto tempo você ficou de licença maternidade e como foi a volta ao trabalho? Não fiquei de licença pois saí do trabalho na época que engravidei. E, depois que a Isa nasceu, comecei a trabalhar de casa com o blog e faço isso até hoje.

Sentiu que deveria ter aproveitado mais algum momento? Aproveitar mais as férias em família, com certeza!

Você costuma buscar dicas e informações na internet? Diariamente, qualquer coisa eu procuro na internet. E logo que ganhei minha filha eu devorava os blogs maternos.

Descreva um dia de vocês (a rotina): Eu acordo às 6h junto com meu marido para trabalhar (ele sai e eu fico de pijama trabalhando), em torno das 7:30 a Isa acorda, toma café da manhã, brinca e vê um pouco de desenho. Ás 9h meu banho e depois brincar com a Isa. Uma coisa que mudou foi a soneca, antes, ela tirava a soneca à tarde, agora ela começou na escola, então, 11h ela dorme, 12h acorda, almoça, se arruma e vamos para a escola, (estamos fazendo a adaptação então fico por lá, mas depois…) volto, cuido da casa e trabalho mais um pouco. 17:30h saída da escola, 19h jantar, 20:30 banho e leitinho da noite, 21h cama.

O que fazem para se divertir? Quais os programas favoritos? Ela adora brincar na areia, então, vamos em parque ou praças. Além disso, ela gosta de pentear suas bonecas, brincar de montar LEGO, quebra-cabeça e brincar com massinha de modelar.

Entrevista_Gisele_Cirolini

Como você gosta de vestir sua filha? Quais suas lojas preferidas? Gosto que a Isa use roupas confortáveis para brincar bem à vontade. Costumo comprar roupas na Renner, C&A, Zara e on-line na Tricae.

Entrevista_Gisele_Cirolini-1

Comemorações. Já fizeram? Algum Tema? Primeiro ano foi o tema Princesa Merida (do filme Valente), e para a festa de 2 anos, o tema foi Arca de Noé.

Entrevista_Gisele_Cirolini-6

Que valores você considera essenciais e quer passar à Isa?  Amor, respeito, sinceridade.

Sua filha já está na escolinha? Como foi a escolha da escola? Começou esse ano na escola. Procurei uma que fosse perto da nossa casa e que combinasse com o estilo de vida da nossa família.

Você vive o dilema da maioria das mulheres modernas: É mãe, esposa, dona de casa e profissional. Como consegue conciliar tudo isso? Não sei, vou tentando encaixar tudo para dar conta. Gosto de seguir uma rotina. Mas é complicado. Às vezes só quero férias e colocar as pernas para cima. Mas acho bom seguir uma rotina, depois que a Isa dorme a noite é do casal e isso é ótimo para finalizar o dia.

Pretende ter mais filhos? Pretendo ter mais 1.

Revele alguma coisa que ninguém conta sobre a maternidade e dê um conselho às futuras mamães? É difícil e lindo. Às vezes você chora de cansaço ou de culpa por alguma coisa. Mas os momentos felizes superam os difíceis. Temos que manter o foco no que é bom!

 

Comente no Facebook

Comente no blog

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados com esta matéria