Entrevista: Mãe tipo eu, Ana Luiza @maedemeninos

21 agosto, 2015
por:

Mommies, que honra!!! A entrevistada de hoje é a Ana Luiza, do insta bombástico @maedemeninos. Eu sigo a Ana justamente por fazer parte deste mundinho azul, de mãe de meninos e o IG dela é o máximo!!!

Nome, idade e Profissão: Me chamo Ana Luiza, tenho 31 anos e sou administradora.

Entrevista_Mae_tipo_eu-Ana_Luiza-1

Mãe do: Tupac Gabriel (7 anos) e do João Pedro (1 ano).

Como foram as escolhas dos nomes? O meu filho mais velho Tupac, recebeu o nome do pai, que tem um significado forte, foi um imperador Inca, guerreiro que lutou pelos direitos do seu povo. Ele adora o nome e tem muito orgulho de carregar o nome do pai. João Pedro foi escolhido quando eu e o pai dele ainda namorávamos, nós dizíamos que se um dia tivéssemos um menino se chamaria João Pedro, e também é uma homenagem ao avô paterno que se chama João

Quem foi a primeira pessoa para quem você contou que estava grávida? Fez alguma surpresa? Nas duas gestações o primeiro a saber foi o pai, eu fiquei tão eufórica que não consegui preparar nenhuma surpresa, fui logo contando e espalhando pra todo mundo em seguida.

Que cuidados que você teve durante a gravidez e recomenda? Minha irmã é nutricionista então, me ajudou a equilibrar a alimentação. Na segunda gestação diminui as guloseimas, sal e gordura. Não fiz nenhum exercício, só tinha vontade de dormir, 24h. Usei o creme Luciara da Bayer para prevenção de estrias e o Millar da Aché para preparação do bico para amamentação. Os dois deram ótimos resultados, não tive estrias e consegui amamentar sem sofrimento.

Entrevista_Mae_tipo_eu-Ana_Luiza-2

Entrevista_Mae_tipo_eu-Ana_Luiza-3

Onde você fez o enxoval? O que foi indispensável e o que se arrependeu de ter comprado? Aproveitei muita coisa do primeiro filho, um lado bom de ter filhos do mesmo sexo. O resto comprei na minha cidade e pela internet. Usei muito o berço cercadinho, a babá eletrônica, o esterilizador de microondas e o travesseiro anti refluxo. Não usei muito o trocador da banheira, o bouncer da Fisher Price e o termômetro de chupeta. Com o segundo filho eu já sabia muita coisa que era dispensável no enxoval, ajudou muito na hora das compras.

Qual o modelo de carrinho que você comprou? Ficou Satisfeita? Comprei o Linea da Burigotto, de início fiquei satisfeita, ele é super confortável e João Pedro passava muito tempo dormindo no carrinho. O único problema é o tamanho, ele tem rodas grandes que ocupam muito espaço na mala do carro.

Como foi o período pós-parto e quais os cuidados que você teve durante a amamentação? Na primeira gravidez não foi dos melhores. Chorei muito, fiquei insegura, com medo, com o tempo fui ganhando confiança e consegui superar minhas expectativas. Com o segundo filho foi bem mais tranquilo, o mais difícil é a adaptação inicial, depois a gente tira de letra. Na primeira gravidez, fiquei muita tensa na fase inicial, o que me prejudicou bastante com relação à amamentação, só consegui amamentar até os dois meses com muito sacrifício. Na segunda gestação, fluiu tudo mais leve, amamentei João Pedro até oito meses, foi um momento muito prazeroso e inesquecível.

Como foi a montagem dos quartos? Você teve alguma ajuda? Como é a decoração (tem tema)? Assim que descobri, nas duas vezes, fiquei muito tempo pensando no quarto dos meninos. O primeiro, há sete anos, fiz o tradicional azul bebê e, na segunda gravidez, optei pela combinação cinza e amarelo com o tema patinho. Até hoje o João ama os patinhos do quarto.

Entrevista_Mae_tipo_eu-Ana_Luiza-4

O que você achou mais fácil e mais difícil do que imaginava? O mais fácil é dar conta da rotina super corrida de mãe de dois, apesar do corre corre a gente se vira e dá conta do recado. O mais difícil mesmo é educar, ensinar princípios e valores que vão ficar pro resto da vida. Isso sim dá trabalho.

Como você é no papel de mãe? Age como imaginava? Muita coisa mudou? Sou uma mãe tranquila, às vezes sou a “mãe chata” que fica no pé do filho pra estudar, escovar os dentes, pentear o cabelo, às vezes sou a “mãe paz e amor” deixo ir dormir mais tarde, passar o dia na casa dos primos, dormir sem escovar os dentes. No geral, sou exigente mas também carinhosa, derretida e mãe coruja. A rotina pós-filhos realmente muda bastante, mas não troco por nada, adoro esse corre corre nosso de cada dia.

Como é o seu marido como pai? Ele é um super pai, muito presente na vida dos filhos, adora passar horas brincando com os meninos, planeja passeios, viagens. Papai é sinônimo de diversão, mas também sabe disciplinar e corrigir quando necessário. É o nosso porto seguro.

Quanto tempo você ficou de licença maternidade e como foi a volta ao trabalho? Com o meu primeiro filho passei um ano exclusivamente com ele, nessa segunda gravidez passei três meses de licença e voltei a trabalhar somente no período da manhã. No início a adaptação é difícil, a saudade é grande mas com o tempo tudo se encaixa e volta ao normal.

Você costuma buscar dicas e informações na internet? Do que sente falta? Sempre! Quando criei o IG @maedemeninos, foi com o intuito de tirar e esclarecer dúvidas, são tantos medos, tantas dicas, acho válido todo tipo de interação. Sinto falta da simplicidade materna, com mais amor e menos críticas.

Descreva um dia de vocês: Acordamos às 6h, arrumo o mais velho para a escola, preparo o café da manhã, pego João e vamos deixar o Tupac no colégio. Volto pra casa, preparo o banho do João, dou uma arrumada na casa, coloco as coisas em ordem. Me despeço do marido, espero a secretária chegar e vou pra loja. Pego o mais velho na escola, volto pra casa, almoçamos e passamos um tempo de descanso, na metade da tarde nos sentamos pra fazer as tarefas de casa, depois tiramos um tempo para assistir TV ou jogo, esperamos papai voltar do trabalho para jantar e depois hora da brincadeira. Às 20:30h é hora de dormir, beijinho e boa noite.

O que fazem para se divertir? Quais os programas que vocês mais gostam de fazer? O mais velho adora futebol, passa horas jogando videogame com o pai, temos uma granja que gostamos de passar os fins de semana, lá tem piscina e muito espaço para eles brincarem, também adoramos cinema.

Como você gosta de vestir seus filhos? Quais suas lojas preferidas? Gosto de vestir com estilo mas com conforto, sempre dou preferência a modelos que deixem os meninos à vontade. Gosto de marcas nacionais e algumas internacionais. As preferidas por aqui é Tigor Baby, 1+1, Carter´s e Tommy.

Comemorações. Já fizeram? Algum Tema? Nunca deixei passar em branco nenhum aniversário dos meninos, comemoro todos. Recentemente fizemos a festa de João Pedro com o tema Fazendinha, tem tudo lá no IG.

Entrevista_Mae_tipo_eu-Ana_Luiza-5

Que valores você considera essenciais e quer passar aos seus filhos? Acredito em Deus, sou evangélica e ensino meus filhos a amar o próximo como Jesus nos ama. Nesse mundo atual onde os valores são invertidos tento passar aos meus filhos o real significado da família, para quando crescerem saberem a importância de ser pai, amigo e companheiro dos seus filhos. Sempre leio a Bíblia pra eles.

Entrevista_Mae_tipo_eu-Ana_Luiza-6

Eles já estão na escolinha? Como foi a escolha da escola? O mais velho entrou na escola com 1 ano e nove meses, no início estranhou mas logo se adaptou à nova rotina. Escolhi uma escola ampla, que trabalha o contato com a natureza. Eles se desenvolvem bastante, interagir com outras crianças é super saudável. Ele ama a escola, acredito que o caçula entrará próximo ano.

Você vive o dilema da maioria das mulheres modernas: É mãe, esposa, dona de casa e profissional. Como consegue conciliar tudo isso? Não é nada fácil. Mas Deus nos capacitou para exercer esse papel fundamental dentro do lar, somos a coluna da casa, na Bíblia diz que a mulher sábia edifica a sua casa e a tola destrói com suas próprias mãos, eu acredito muito nessa palavra. O sucesso da nossa família está ao nosso alcance.

Pretende ter mais filhos? Sim, sempre sonhei ter três filhos.

Revele alguma coisa que ninguém conta sobre a maternidade e dê um conselho às futuras mamães? Bom, ninguém fala que a rotina íntima do casal muda muito depois dos filhos, aconselho todas as mamães a reservarem um tempo a dois com o maridão. Um momento de intimidade, de descontração, para que nunca esqueçam que o marido e a mulher são uma só carne. Não deixe a rotina do dia a dia acabar com o sentimento de quando eram apenas namorados.

Comente no Facebook

Comente no blog

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados com esta matéria