Entrevista: Mãe Tipo Eu – A primeira, serei eu mesma!

18 novembro, 2014
por:

Confiram a primeira entrevista do blog, a minha rs.

Sobre-Mae_tipo_eu (2)

Nome, idade e Profissão – Bruna, 32 anos, formada em publicidade, mas atuo como gerente de produto comprando calçados femininos.

Mãe do: Samuel, um ano.

Como foi a escolha do nome? Desde que li o livro do fundador das Casas Bahia, Samuel Klein, me identifiquei com ele e com seu nome. Como meu marido é judeu, queria um nome desta origem para homenagear a família, então fechou!

Quem foi a primeira pessoa que você contou que estava grávida? Fez alguma surpresa? Meu marido! Fiz. Era véspera de Páscoa, entreguei a ele uma sacolinha e disse que era seu “ovo”. Quando ele abriu, tinha um sapatinho branco e o envelope com o resultado do exame e a frase: “Papai, já estou a caminho”!

Que cuidados que você teve durante a gravidez? Recomenda algum produto? Sou bem desencanada e tive uma gravidez muito tranquila. Usei muito óleo no banho, fiz drenagem no mínimo uma vez por semana e cuidei da pele com a minha dermatologista, pois tive bastante acne nos primeiros 3 meses. Recomendo os óleos de banho: Clarins e Nívea. Usei muito. Não sei se foi devido a eles, mas não tive nenhuma estria.

Onde você fez o enxoval? Como se preparou? Que item você considerou indispensável e qual se arrependeu de ter comprado? Fiz em Miami. Preparei-me pesquisando bastante, montando uma planilha com todos os itens necessários, onde comprar e um roteiro da viagem. Item indispensável: Esterilizador de Mamadeira. Arrependi-me de ter comprado aquecedor de mamadeira, nunca usei!

Qual o modelo de carrinho que você comprou? Está Satisfeita? Comprei dois. Um grande e um guarda-chuva. O grande é o Pég Perégo modelo Skate. Eu amei, pesquisei bastante antes de comprar. Ele é robusto, confortável para o bebê, tem uma estampa linda, encaixa com o bebê conforto e ainda veio com moisés. Comprei também um Maclaren BMW, que só pode ser usado após os 6 meses do bebê. Hoje, o grande fica dentro de casa e para passeio no condomínio e o pequeno fica no porta-malas do carro.

Quais os cuidados que você teve durante o período de amamentação? Não muitos, a amamentação foi fácil e tranquila. Quando ainda estava grávida, contratei a consultoria de uma enfermeira especializada no assunto que me deu algumas dicas. Foi bem bacana.

Como foi o período pós- parto? O que achou mais complicado? Como fiz cesárea, foi melhor do que eu esperava. A recuperação é dolorida, mas como temos um pacotinho para cuidar, acabamos esquecendo a dor. O complicado pra mim foi que tive uma leve depressão pós-parto, e ela foi tardia, quando o Samuka tinha 3 meses. Logo iniciei tratamento e passou, mas foi bem ruim!

Como foi a montagem do quarto? Você teve alguma ajuda? Como é a decoração? Começamos com a reforma do quarto e acabamos reformando quase o apartamento todo! Contratamos a arquiteta Mara Chap Chap. Na época, o estilo provençal estava em alta. Não me identifico e também não considero muito masculino, então, foi difícil encontrar móveis mais retos e cores menos “bebês”. Usamos como base o papel de parede xadrez bem discreto branco e bege e a pintura de um balão na parede. Além destas cores, também tem cinza e amarelo. Amei o resultado!

O que você achou mais fácil e mais difícil do que imaginava? No início, não achei nada fácil, mas a amamentação foi melhor do que eu imaginava. E difícil? Adaptar-me à nova rotina. Sempre fui muito independente e ficar presa em casa por um período foi complicado.

Como você é no papel de mãe? Age como imaginava? Muita coisa mudou? Sou animada e tranquila. Brinco que não sei se vou conseguir educar, pois hoje, dou risada de todas as descobertas e travessuras do Samuel. Siiiim, tudo mudou, mas hoje, já acho que mudou para melhor.

Como é o seu marido como pai? Ele ajuda nos cuidados com o bebê? Ele é simplesmente o máximo! Muito participativo e amoroso. Mas gosta mesmo é de bagunçar.

Quanto tempo você ficou de licença maternidade e como foi a volta ao trabalho? 5 meses. O retorno foi ótimo, eu estava louca para voltar. Mesmo durante a licença, me mantive presente acompanhando tudo o que acontecia por e-mail, então não tive grandes surpresas ao voltar.

Sentiu que deveria ter aproveitado mais algum momento? Sim, pois o período em que tive a DPP não curti como gostaria…

Você costuma buscar dicas e informações na internet? Do que sente falta? Muito! Sou viciada em internet e pesquiso bastante. Sinto falta de dicas de passeios e programas com crianças, principalmente viagens, hotéis, etc.

Descreva um dia de vocês (a rotina): A rotina semanal é mais corrida e não tenho muito tempo com o Samuka. Eu acordo às 07h30min, ele em torno de 8h. Tomo café e me arrumo com ele em volta, brincando. Saio de casa às 08h30min e volto somente às 19h. Ele fica em casa com a babá, acompanho somente pelas câmeras. Quando chego, brinco bastante e sempre falamos com os meus pais que estão em Porto Alegre pelo Face Time. 20h30min é hora do banho, ele mama e dorme. Aí é hora de curtir o marido.

O que fazem para se divertir? Como é o seu tempo com ele? Quais os programas que vocês mais gostam de fazer? Bom, o final de semana é nosso! Curtimos muito ficar com o Samuka. Aos sábados pela manhã ficamos pelo condomínio, saímos para almoçar em algum lugar gostoso com ele. Nos domingos, adoramos ir ao parque, fazer picnics, ficar ao ar livre.

Fazenda_Boa_Vista-Mae_tipo_eu

Na Fazenda Boa Vista no interior de São Paulo

Como você gosta de vestir seu filho? Qual o estilo? Quais as lojas que mais gostas? Não gosto de roupas com cara de homenzinho nem bebezão. Gosto das mais divertidas e descoladas, algumas com cara de fantasia. Nuca uso tons pastéis. Gosto bastante de vermelho, amarelo, cinza e azul marinho. Ele tem muitas roupas com capuz de bicho e capas de super-heróis. Acho muito difícil encontrar roupas descoladas para meninos no Brasil. Aqui, gosto muito da Nosh e das lojas de departamento, como a C&A. No exterior, amo a Ralph Lauren Kids e a GAP.

Fantasia_Buzz-Mae_tipo_eu

Comemorações. Já fizeram? Pretendem fazer? Algum Tema? Costumo comemorar os mensários de forma bem simples em casa, só entre nós. Porém, estou há 5 meses preparando a festa de um ano do Samuka. Assim que tiver as fotos, posto por aqui. Ele terá duas festas de um ano, uma em São Paulo, onde moramos, e outra em Porto Alegre, para a família que mora lá.

Como imagina que será seu filho e que valores que você considera essenciais e quer passar a ele? Pelo que já percebo da personalidade dele, será uma pessoa muito alegre e amorosa. Quero que ele seja muito humano, dê valor e respeite as pessoas.

Você vive o dilema da maioria das mulheres modernas: é mãe, esposa, dona de casa e profissional. Como consegue conciliar tudo isso? Achei que não seria possível, mas é!!! Organizei uma rotina que nos atende e tenho uma boa equipe (2 babás e uma empregada). Então, consigo curtir meu filho, trabalhar, cuidar da rotina da casa e ainda dar atenção para o maridão.

Pretende ter mais filhos? Sim, queremos mais dois.

Revele alguma coisa que ninguém conta sobre a maternidade: Nossa, tem tanta coisa… As mães não contam que tem momentos, no início, que desejamos voltar atrás, não estar passando por aquilo… Muitas vendem que é sempre uma maravilha, e não é!

Com a sua experiência, que conselho você dá as futuras mamães? Seja tranquila, buque ajuda profissional para te dar segurança, pesquise muito e se envolva! A nossa convivência e os nossos valores são essenciais para a formação desse serzinho.

Comente no Facebook

Comente no blog

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados com esta matéria