Especial para o novo papai

28 setembro, 2017

Olá famílias!

Quando a notícia do primeiro bebê vier à tona, todos já esperam que você papai, já esteja sabendo (quase) tudo!. E este post é dedicado à ti pois, a nova etapa de vida não vem com manual, mas é possível aprender com a experiência dos outros e viver um dia de cada vez.

Aqui vou relatar um pouco do que passei (com meu marido) e também do que acompanho na casa dos clientes que atendo. Sou mãe da Nina, da Tulipa e da Sofia, Home Organizer há quase 4 anos, acompanho casais “grávidos” com frequência e muitas histórias me comovem até hoje! Espero que goste e se divirta! Até!

1- HORMÔNIO: Lembre-se deles a cada nascer do sol nos próximos 90 dias. Não sei como você vai receber a notícia da gravidez da sua companheira, mas depois de ouvir aquelas palavrinhas, nunca mais se esqueça desta outra: Hormônios.

Eram eles que faziam eu brigar por tudo, o imediatismo se instalou, eu queria tudo na minha hora, em questão de minutos oscilava do chata e sensível para a risonha e chorona. Não discuta, finja naturalidade e siga a vida. Passa só depois que o bebê nascer, na maioria dos casos.

Muito importante: você vai ter prestígio e sucesso em (quase) todas as vezes mostrando interesse por tudo que seja relacionado ao bebê. Se coloque disponível para ir no ultrassom (todos!), escolher roupinhas, a cor da parede do quarto. Se ela for do tipo relax, mantenha o interesse igual.

2 – Ser o centro das atenções não te pertence. Ela é o centro em tudo! Você pode ajudar nos mimos e lembre sempre de surpreender. Massagens nos pés, surpresas gastronômicas, bilhetes amorosos são sempre bem-vindos.

Nos últimos meses, hora de paparicar mais ainda. Começam os desconfortos para dormir, se locomover e as constantes idas ao banheiro tiram ela do sério. Bate aquele medinho, conversas mais definitivas são realizadas, com o médico, pediatra e burocracias. Intensifique carinhos e o ouvido sempre disponível.

3- O bebê nasceu: liberte-se mas fique por perto! Ele chegou! Tão saudável e todos estão felizes, é festa! Você foi substituído por um ser minúsculo. São tantas as novidades que terá a impressão que foi abandonado. Literalmente isso vai acontecer por um período.

A palavra da vez é paciência.

Aqui meu lado Organizer gritaaaaaa… Ajude na organização da casa, quando for demais para você, com os seus pertences, não os deixe espalhados. Você terá de descobrir seu potencial em novas atividades, como fazer a lista de compras do mercado e ir até lá, se colocar sempre disponível para ir a farmácia, na padaria, sair com os cachorros, molhar as plantas, prender a prateleira, etc.

Uma vez um cliente me relatou que o momento relax dele era sair para levar o peludo felino ao petshop. Ele sentava lá, uma vez por semana, tomava um café e lia sua coluna favorita no jornal sem culpa, até o bichano ficar pronto!

4– Aos poucos você consegue superar e aprende a trocar a fralda. Antes disso, aprende a fazer ele arrotar. Quer ganhar moral? Aprenda a fazer isso de madrugada. Você já está dormindo pouco, então agregue valor a este momento.

Bebês soltam pum, fazem xixi e cocô (bem fedidos). Lembre-se: você está sendo observado e avaliado. Se não fisicamente, pelo sistema de câmeras, então jogue limpo, não tente enrolar sua companheira.

5- Você vai amar aprender a cantar músicas infantis, e pode aprender a cozinhar também… Há quanto tempo você não ouve sua voz ao som de Ciranda Cirandinha? Chegou a hora!

E Galinha Pintadinha? Essa você vai decorar as 4 temporadas e o DVD vai rodar até fazer buraco. Pode acreditar!

Cante sempre para o seu bebê, sua voz é uma conexão cheia de símbolos e transmite segurança.

6- Troque uma saída por uma brincadeira ou um filminho no sofá: Agora existe uma prioridade que chora bastante e suas saídas sociais (pouco frequentes), devem ser combinadas ou bem negociadas em casa. Revezar é uma boa! Não só você merece aquele bar com os amigos, sua companheira também pode querer uma massagem, retomar a malhação, rever as amigas.

7 – Pai você já é, experimente ser o melhor para toda a família!

Não seja limitado: ser um pai herói para seu filho só, porque? Seja um melhor pai para toda a família: participativo, ouvinte, provedor, carinhoso, coerente e amoroso.

Plantando a melhor semente você vai colher frutos e também flores raras!

Comente no Facebook

Comente no blog

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados com esta matéria